_images_top_mask_png _images_top_mask_png _images_top_mask_png _images_top_mask_png

Como você faz o controle de carrapatos?


É sempre melhor prevenir do que remediar, pois uma infestação de carrapatos no seu pet quer dizer uma infestação na sua casa também. A maioria das pessoas recorre a algum tipo de tratamento somente depois que o ambiente ou o animal já está contaminado. Se você quiser um resultado rápido e eficaz, vai precisar tratar tanto o animal como o ambiente e, provavelmente, vai precisar da orientação de um profissional.
 


Junto com o controle ambiental, deve ser feito o controle no animal para evitar transtornos causados por esses parasitas, tais como coceiras, alergias ou mesmo doenças muito graves transmitidas por carrapatos.


Com o hábito de aplicar Frontline mensalmente você protege seu cão desses parasitas. Frontline protege cães e gatos contra carrapatos por 30 dias. Cães e gatos longe das pulgas e carrapatos significa que estarão mais perto de momentos especiais com a sua família.

Assista ao vídeo:



Veja também:
Como controlar pulgasComo controlar piolhos
 
1
Como saber se meu cachorro ou gato está com carrapato?

É importante verificar regularmente se seu cachorro ou gato está com carrapato, sobretudo se ele foi pra áreas rurais ou se passeia em áreas verdes, seja na sua casa ou em parques. Cheque todo o corpo do seu pet, principalmente na cabeça, orelhas, pernas e entre os dedos.

Seu cachorro ou gato pode ter um carrapato preso no corpo sem que você perceba, particularmente em raças de pelos longos. Portanto, fique atento e examine seu animal sempre que ele sair para áreas externas (na rua ou no quintal), principalmente se seu pet não usa produtos adequados contra carrapatos. Os carrapatos podem transmitir doenças graves que podem causar a morte de cães e gatos. Se seu pet apresentar algum dos sintomas abaixo, procure o médico veterinário imediatamente:

• Febre (a única forma de saber se o animal está com febre é medindo a temperatura com termômetro. Peça para seu veterinário lhe ensinar ou fazer isso para você).
• Claudicação (manqueira)
• Perda de apetite
• Letargia ou abatimento (tristeza)

Se seu cachorro ou gato apresentar algum desses sintomas, pode ser indicativo de doença, e caso ele esteja infestado por carrapatos, deve-se fazer exames específicos para determinar se pode ser uma das
doenças causadas por carrapatos. Elas devem ser identificadas e tratadas imediatamente.



 

 
2
O meu cachorro ou gato pode pegar carrapato?

Não importa onde você mora, se você tem cachorro ou gato, seu pet pode pegar carrapato em áreas rurais, ruas, parques e até mesmo no seu próprio jardim ou quintal.

Os carrapatos são parasitas sugadores de sangue que perfuram a pele de seu cachorro ou gato e se fixam de uma forma que é muito difícil de ser retirada. O carrapato mais importante na infestação e transmissão
de doenças para cães e gatos no Brasil é o Rhipicephalus sanguineus, conhecido como carrapato vermelho ou vermelhinho.



 

 
3
Não é só uma irritação passageira, é?

Não. Os carrapatos causam diversos problemas, alguns dos quais com graves consequências para seu cachorro ou gato e pra você. Para começar, a simples presença física do carrapato já é um desconforto para seu pet, podendo causar uma reação ou um abscesso na pele onde ele gruda no animal – principalmente se o aparelho bucal do parasita ficar preso na pele quando for retirado. Mas o problema não termina aí, pois os carrapatos podem transmitir doenças para seu cachorro ou gato e para você, como a febre maculosa e a erliquiose.